A dura vida de um deputado

arPois é… E achava eu que a vida de trolha(com todo o respeito) era difícil! Este povo português anda muito mal habituado, sempre a desancar na classe política portuguesa mas sabe lá o povo, o que os nossos patrióticos deputados sofrem ao exercerem a sua profissão no hemiciclo.

Enquanto uns andam aí ao sol refastelados da vida a mandriar com sacos de cimento às costas e a trazer ao fim do mês vencimentos chorudos de 600€ para casa, outros há que se sacrificam e vão para uma sala com ar condicionado e cadeiras almofadadas fazer(agora não me estou a lembrar o quê)…uma(o que é que eles fazem mesmo?)…coisa(caralho não me estou mesmo a lembrar)… muito(no google também não diz nada sobre o que eles fazem)… importante pelo país que eu agora não me estou a lembrar o que é mas eles dizem que é importante e se eles dizem eu acredito, para no fim do mês trazerem para casa um mísero ordenado de 4000€, mais cêntimo menos cêntimo e ainda têm que fazer o tremendo esforço de receber ajudas de custo de refeições, combustível, telemóvel, etc!! Isto não é justo!!! Não sei quem foram os idiotas que aprovaram as leis que fazem com que os deputados, tenham que sofrer tanto para cumprirem o seu nobre dever de (eh pah deu-me uma branca hoje!!)…de( deve ser do queijo do Pauleta!)…de(será Alzheimer?!)… pronto de coisar uma cena importante. Se calhar não sabemos o que grande parte deles fazem, porque se nos dissessem teriam que nos matar, é, deve ser isso.

Fica também o caro leitor a saber, sim tu, que te enganas-te a escrever redtube e vieste aqui parar, que um deputado pode justificar as suas faltas à Assembleia da República, à excepção das faltas por doença, apenas com a sua palavra pois, segundo o Regimento de Presenças e Faltas dos Deputados aprovado em Março de 2009, a “palavra do deputado faz fé, não carecendo por isso de comprovativos adicionais”, que é como quem diz que os pobres coitados são obrigados a dar a sua palavra, o que alguns já não têm há muito tempo, enquanto o trolha tem a regalia e a distinta lata de implorar ao cangalheiro uma justificação pela morte da mãe!

Mais uma vez, não sei quem é que foram as bestas quadradas que aprovaram estas leis que tanto descriminam os representantes do povo na Assembleia da República! Mas espera lá! Quem aprova as leis não são os depu…ah…pois.

RM

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a A dura vida de um deputado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s